top of page

Sua mente não é sua amiga

Sua mente é construída para sobreviver, acima de tudo para protegê-lo de danos.

O que mais o magoa é o que mais lhe importa. Por isso, possa ser que o seu desejo de se proteger diminua sua qualidade de vida e desempenho.



Por isso, você precisa treinar para distanciar-se de seus pensamentos, olhá-los e perguntar se cada pensamento o move na direção que você deseja seguir. Se isso acontecer, ótimo. Se não, então você precisa deixar para lá.

Saia da mentalidade do pensamento positivo versus pensamento negativo e se concentre na idéia da viabilidade dos pensamentos.

Esse pensamento me leva para mais perto ou mais longe de uma vida significativa?
Qual é a função e o resultado final de me concentrar nesse pensamento?

Portanto, no lugar de julgar se determinado pensamento é verdadeiro ou falso, questione se o pensamento que lhe vem à mente lhe ajuda ou lhe machuca e, apenas se apegue e interaja com os pensamentos que ajudam.


Fonte: adaptado do livro, The psychology of performance

bottom of page